Revhead Theater – Autobiografia de um Jeep

“A maior contribuição da América à guerra moderna”, foi assim que o general George C. Marshall descreveu o Willys MB, mais conhecido pelo apelido Jeep. O Jeep nasceu da necessidade do exército norte americano de ter um veículo ágil e versátil de patrulha para locomover no campo de batalha, as motocicletas com sidecar que eram usadas anteriormente não obtiveram muito sucesso por transportar apenas dois soldados. O exército exigia que esse veículo de patrulha tivesse tração 4×4 com reduzida, transportasse quatro soldados, tivesse menos de 1 metro de altura com o pára-brisa abaixado, atingisse 90 km/h e carregasse uma metralhadora .30. A Bantam, a Ford e a Willys-Overland apresentaram os seus protótipos para as forças armadas e o escolhido foi o Willys, que tinha o motor mais potente, um 4 cilindros em linha flathead de 2,2 litros chamado de “Go-Devil”, que rendia 60 cv a 4.000 rpm e 14,5 kgf·m a 2.000 rpm.

No front de batalha o Willys MB era considerado como o melhor amigo do soldado e era uma grande vantagem das forças aliadas em relação ao Eixo, que usava o Volkswagen Kübelwagen, um veículo militar derivado do Fusca com tração apenas nas rodas traseiras, uma desvantagem quando comparado com a tração 4×4 do Jeep. Além de transportar soldados, o Jeep também era usado para rebocar canhões, desatolar caminhões e até para rebocar planadores e aviões, provando ser a máquina mais versátil que o exército tinha em mãos, outra prova disso é a seguinte frase dita pelo general George S. Patton: “Sem o Jeep os aliados não seriam capazes de vencer a guerra”.

O apelido Jeep veio do som da pronúncia das inicias do termo “general purpose” (uso geral), GP, o MB e suas derivações foram usadas pelo exército norte americano até 1985, quando foi substituído pelo AM General HMMWV, também conhecido como Humvee ou Hummer.

Imagem

Anúncios

Um comentário sobre “Revhead Theater – Autobiografia de um Jeep

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s