Um belo veludo por sinal

Imagem

Lançado em 1968, o Chevrolet Opala foi um grande sucesso no Brasil, o sedan e a perua Caravan eram muito apreciados por famílias das classes média e alta e o coupé fazia sucesso entre os entusiastas de esportivos, principalmente o modelo SS com o poderoso motor 250-S. Nos anos 80 com o fim do Ford Galaxie e do Dodge Dart, o Opala passou a ser o maior carro fabricado no país e, consequentemente, o modelo Diplomata virou o carro oficial dos executivos e empresários. Mas no final da década ele já estava mostrando sinais de cansaço, jovens executivos estavam migrando para concorrentes mais modernos, como o Volkswagen Santana. Com a abertura das importações em 1990 a idade do nosso grande Chevy ficou ainda mias mais evidente. O Opala precisava de um substituto. Continuar lendo

Anúncios