O Chevrolet Omega CD Foi o carro mais rápido do Brasil durante o tempo em que foi fabricado aqui, a sua velocidade máxima de 223 km/h só foi superada pelo Fiat Marea Turbo, que atingia 227 km/h. Mas vocês sabiam que o Omega já foi o sedan mais rápido do mundo?
A General Motors foi dona da Lotus entre 1986 e 1993 e durante essa parceria nasceu a versão mais selvagem do Opel Omega, o Lotus Omega (Lotus Carlton no Reino Unido). O Lotus Omega começava a sua vida com o motor seis cilindros de 3 litros e 24 válvulas, que na Lotus era ampliado para 3,6 litros e recebia duas turbinas Garrett T25, intercooler, pistões e bielas reforçadas. A transmissão era uma caixa ZF S6-40 de seis marchas, herdada do Chevrolet Corvette ZR-1 e o diferencial era de deslizamento limitado do Holden Commodore. O resultado disso era um sedan com 377 cv e 57 kgf•m, o desempenho era impressionante para 1990, ele precisava de apenas 5,2 segundos para atingir 100 km/h e a velocidade máxima era de 283 km/h, números próximos a de superesportivos contemporâneos como a Ferrari Testarossa.
O impacto causado pelo lançamento de um sedan tão rápido foi muito grande, muitos Lotus Omega fora usado como carro de fuga em assaltos a lojas, bancos e joalherias e até houve um abaixo assinado para banir esse carro da Inglaterra. No fim foram fabricadas 950 unidades, todas pintadas na cor Imperial Green.

vauxhall_lotus_carlton_6

Anúncios

Revhead Theater – O rei dos Omegas

Um comentário sobre “Revhead Theater – O rei dos Omegas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s