O retorno do Rover V8

MG ZT 260

A Rover era um tradicional fabricante inglês que sempre ofereceu luxo e refinamento por um preço razoável, alguns modelos eram chamados de “poor man’s Rolls Royce” e a primeira ministra Margaret Thatcher sempre foi fiel ao Rover P5 durante o seu mandato. Depois de uma mal sucedida parceria com a Honda durante os anos 80 e 90, o fabricante inglês precisava urgentemente mudar a sua imagem e para isso ela precisava de um novo topo de linha, um carro que representasse essa mudança. O topo de linha anterior era o Rover 800, um sedã derivado do Honda Legend de 1985 sem a confiabilidade japonesa, mas com bancos bastante macios.  Continuar lendo